Grupo Marista unifica direção dos hospitais Universitário Cajuru e Marcelino Champagnat

Juliano Gasparetto assume o comando do complexo de Saúde com o propósito de consolidar o desenvolvimento sustentável do Grupo, empreendendo projetos conjuntos.

Juliano Gasparetto assume o comando do complexo de Saúde com o propósito de consolidar o desenvolvimento sustentável do Grupo, empreendendo projetos conjuntos.

O Grupo Marista acaba de unificar as diretorias dos hospitais Universitário Cajuru (HUC). E Marcelino Champagnat (HMC). Com o objetivo de aumentar a sinergia entre as frentes de missão do Grupo, o médico, professor e doutor pela PUCPR, Juliano Gasparetto, assumiu a direção do complexo de Saúde do Grupo.

Com 13 anos de atuação no Grupo, Gasparetto iniciou sua trajetória no Hospital Cajuru em 2009. Entre 2015 e 2017, passou pela gerência médica da Santa Casa de Curitiba. Atuou como gerente médico e diretor técnico do hospital por dois anos e, há três, estava na direção-geral do HUC. Agora, assume também a direção geral do HMC, com a missão de unificar ainda mais os trabalhos.

Sobre os novos desafios no comando da direção dos dois hospitais, ele reforça a proximidade com a Escola de Medicina da PUCPR, com incentivo ao ensino, pesquisa e inovação, além da importância da identidade para a formação Marista do estudante. “Os desafios na área da saúde são constantes. O atendimento humanizado ao paciente, investimentos em inovação e pesquisa já são marcas do Grupo Marista, e assumo com o compromisso de ampliar os esforços para que as instituições continuem sendo referência em saúde para o país”, destaca.

Referência em saúde

O Hospital Marcelino Champagnat faz parte do Grupo Marista e nasceu com o compromisso de atender seus pacientes de forma completa e com princípios médicos de qualidade e segurança. É referência em procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidade. Nas especialidades, destacam-se: cardiologia, neurocirurgia, ortopedia e cirurgia-geral e bariátrica, além de serviços diferenciados de check-up e oncologia. Planejado para atender a todos os quesitos internacionais de qualidade assistencial, é o único do Paraná certificado pela Joint Commission International (JCI).

Durante a pandemia, o Hospital Marcelino se destacou no atendimento a pacientes covid-19 e pesquisas na área. Com a nova estrutura, Gasparetto pretende trazer mais investimentos em infraestrutura, com foco na sustentabilidade, humanização e qualidade do atendimento, além de firmar a instituição como referência em alta complexidade.

Compartilhe este post!